12.5 C
Brasília
Domingo, 26 Junho, 2022

Em resposta ao TSE, ministro da Defesa cobra encontro “presencial” com militares

O ministro da Defesa, general Paulo Sérgio Nogueira de Oliveira, respondeu um ofício encaminhado pelo ministro Edson Fachin, presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que reafirmando o desejo de haver um encontro “presencial” entre os integrantes das Forças Armadas e a equipe técnica da Corte.

Nogueira havia feito esta solicitação na semana passada, e Fachin respondeu, reafirmando o convite para uma reunião realizada na tarde de hoje (20), mas de forma online. A Defesa, no entanto, parece não ter se dado por satisfeita com o modelo da reunião.

“Cumprimentando cordialmente Vossa Excelência, confirmo a participação do representantedas Forças Armadas na reunião da Comissão de Transparência das Eleições (CTE) e do Observatório deTransparência das Eleições (OTE), agendada para o dia de hoje, 20 de junho de 2022, às 15 horas, a ser realizada por meio virtual”, afirmou Nogueira.

O ministro da Defesa, no entanto, segue no ofício destacando a necessidade de uma “reunião específica” com membros das Forças Armadas, dando a entender, portanto, que o encontro virtual de hoje não será suficiente para dirigir os questionamentos por parte dos militares.

“Reitero a necessidade de realizar uma reunião específica entre as equipes técnicas do Tribunal e das Forças Armadas, haja vista que o aprofundamento da discussão acerca de aspectos técnicos complexos suscita tempo e interação presencial, que não estão contemplados na supramencionada reunião da CTE/OTE”, diz o ofício.

DESTAQUE
- Publicidade -
Veja também: