21.5 C
Brasília
Sábado, 2 Julho, 2022

Weintraub provoca Bolsonaro após condenação de Daniel: “Motociata não vai resolver”

O ex-ministro da Educação, Abraham Weintraub, fez uso das redes sociais nesta quinta-feira (21) para provocar o presidente da República, Jair Messias Bolsonaro (PL), após a condenação do deputado federal Daniel Silveira (PTB-RJ) a 8 anos e 9 meses de prisão por supostos “ataques à democracia”.

Anunciando um “Encontro com Pré-Candidatos”, Weintraub fez um comentário dando a entender que o governo Bolsonaro não fará nada para reagir, por parte do Executivo, contra o que a direita política considera abusos por parte do poder Judiciário.

“Prontos para mais VERDADES? Ou preferem comemorar outro 7×1?”, postou o ex-ministro, fazendo alusão à derrota avassaladora da Seleção Brasileira de Futebol na Copa de 2014. Em outras palavras, o governo estaria sendo derrotado da mesma forma pelo Supremo.

“Façam as mesmas coisas, com as mesmas pessoas, do mesmo jeito, e o resultado será igual ou pior. Motociata não vai resolver! Há esperança? Somente na Reação Conservadora!”, completou Weintraub.

Para a direita, a maior decepção na condenação de Daniel Silveira foi o voto do ministro André Mendonça, indicado por Bolsonaro para o STF em agosto de 2021. A expectativa era de que ele pediria vista no processo, suspendendo o julgamento, o que permitiria que o deputado continuasse a sua campanha eleitoral para o Senado, ainda este ano.

Com a condenação já configurada, no entanto, Silveira fica inelegível e não poderá disputar às eleições. Como alternativa, segundo o jornalista Lauro Jardim, de O Globo, o PTB, partido do deputado, avalia lançar a sua esposa, Paola Daniel, como candidata à Câmara dos Deputados.

A ‘cutucada’ de Weintraub em Bolsonaro recebeu elogio de alguns seguidores, mas também críticas. Uma usuária, por exemplo, argumentou que não é fácil lidar com um “país aparelhado por 30 anos” como o Brasil, também criticando a atuação do ex-ministro a frente do Ministério da Educação.

“Você se acha a grande solução. Sabe que nada é fácil num país aparelhado por 30 anos. Por exemplo, você conseguiu fazer grandes projetos enquanto ministro? Não. Aliás, foi péssimo ministro. Ficava só criando mais problemas o tempo todo”, disparou a seguidora.

DESTAQUE
- Publicidade -
Veja também: