“O meu esposo está morrendo na cadeia”, diz mulher do jornalista Wellington Macedo

A esposa do jornalista Wellington Macedo fez um apelo através da sua rede social pela vida do marido. Andressa Macedo alegou que o profissional de comunicação, preso desde o dia 3 desse mês por determinação do ministro Alexandre de Moraes, estaria “morrendo na cadeia” por não ingerir qualquer tipo de alimento, e agora nem mesmo água.

“O meu esposo está morrendo na cadeia. Alguém faz alguma coisa pelo amor de Deus”, postou Andressa em tom de desespero. Segundo ela, Macedo estaria “há 18 dias sem comer e agora não consegue beber água”.

A Tribuna de Brasília já havia noticiado sobre o estado de saúde do jornalista, relatado pela psicóloga Maris Lobo, presidente do PTB no Paraná. Ela disse conhecer pessoalmente Macedo e já ter falado com Andressa sobre a situação do jornalista, confirmando o relato de que ele estaria fazendo uma espécie de grave de fome.

Macedo foi preso poucos dias antes dos atos de 7 de setembro. Ele é o jornalista que aparece numa gravação que viralizou no país, sobre a organização das manifestações do Dia da Independência. O cantor Sérgio Reis e o caminhoneiro conhecido como “Zé Trovão” também foram alvos de busca e apreensão, mas o músico não chegou a ser detido.

Macedo, por sua vez, acabou preso, enquanto Zé Trovão está até hoje foragido no México, onde busca asilo. A defesa de Macedo alega que a sua prisão é ilegal, uma vez que não há qualquer julgamento transitado e julgado contra ele, e que nem mesmo possuem ciência da real natureza das acusações que pesam contra o jornalista.

“Ponha-se no lugar do Wellington”, disse um amigo do jornalista. “Primeiro, ele ainda não teve acesso aos autos da acusação; segundo, essa acusação estaria baseada na Lei de Segurança Nacional, como outros casos do mesmo inquérito; terceiro, essa lei de Segurança Nacional não existe mais, foi recentemente revogada; quarto, não há a quem ou onde recorrer.”

O fato de não se alimentar e agora, também, de não tomar água, seria um tipo de protesto por parte do jornalista. A psicóloga Marisa Lobo, no entanto, acredita que Macedo pode estar entrando em um grave quadro depressivo, o que poderá provocar sequelas graves se nada for feito para interromper esse processo.

“É revoltante, absurdo o que está acontecendo. Um homem de bem, trabalhador e pai de família, preso SEM CONDENAÇÃO, está sendo destruído emocional e fisicamente por se ver injustiçado”, protestou a psicóloga em seu Twitter.

Ainda na sua postagem, Andressa disse acreditar que o esposo “não aguenta mais 2 dias”: “O Wellington está morrendo e não aguenta mais 2 dias”, afirmou. Veja abaixo: