28.5 C
Brasília
Sexta-feira, 12 Agosto, 2022

Moraes manda prender homem que ameaçou ministros do STF: ‘Possível organização’

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), acatou um pedido da Polícia Federal e determinou a prisão de um homem identificado como Ivan Rejane Fonte Boa Pinto, após ele gravar vídeos ameaçando os ministros da Corte, bem como o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

A prisão foi efetuada nesta sexta-feira (22) em Belo Horizonte (MG). Em uma das gravações divulgadas por Ivan, ele diz: “Anda de segurança armada na rua que nós, da direita, vamos começar a caçar você [Lula]. Caçar você, caçar Gleisi Hoffmann, esse Freixo, frouxo do caralho. Todos eles que te cercam, vagabundo.”

Já em outra ocasião, o sujeito cita os ministros do STF, dizendo que eles serão “pendurados” de cabeça para baixo. “Sumam do Brasil. Nós vamos pendurar vocês de cabeça para baixo”, diz ele.

Em sua decisão, Moraes levantou a suspeita de “possível organização criminosa” ao comentar as declarações de Ivan. O ministro também argumentou que o homem estaria usando as suas redes sociais para arregimentar apoiadores para a prática de crimes.

“Os fatos apurados revelam que Ivan Rejane Fonte Boa Pinto utiliza suas redes sociais e aplicativos de mensagens para propagar e arregimentar pessoas para seu intento criminoso”, disse Moraes, segundo informações do G1.

“Esses elementos demonstram uma possível organização criminosa que tem por um de seus fins desestabilizar as instituições republicanas, principalmente aquelas que possam contrapor-se de forma constitucionalmente prevista a atos ilegais ou inconstitucionais, como o Supremo Tribunal Federal, utilizando-se de uma rede virtual de apoiadores que atuam, de forma sistemática, para criar ou compartilhar mensagens que tenham por mote final a derrubada da estrutura democrática e o Estado de Direito no Brasil”, conclui o ministro.

DESTAQUE
Veja também:
close