21.5 C
Brasília
Sábado, 13 Agosto, 2022

Em tom de desabafo, Bob Jeff critica reação de Bolsonaro após o 7 de setembro

O ex-deputado federal Roberto Jefferson, presidente licenciado do Partido Trabalhista Brasileiro (PTB), escreveu uma carta onde tece críticas ao presidente Jair Bolsonaro devido à sua reação após os atos do dia 7 de setembro. Aliados do petebista dizem compreender a manifestação do colega como uma espécie de desabafo devido ao seu estado na prisão.

“Bolsonaro cercou-se com viciados em êxtase com dinheiro público; Farias, Valdemar, Ciro Nogueira, não voltará aos trilhos da austeridade de comportamento. Quem anda com lobo, lobo vira, lobo é. Vide Flávio”, escreveu o ex-deputado em sua carta.

“7 de setembro ficou imaculado. Todo o povo saiu às ruas para dizer, eu autorizo, não havia volta, não havia transigência com as velhas práticas. Mas por algum motivo, Bolsonaro fraquejou. Não teve como seguir. Escrevo isso insone. Não preguei meus olhos. Esse pensamento queimou minhas pestanas, não consegui fechar meus olhos e dormir”, completou Roberto Jefferson.

Em outro trecho da carta, Roberto Jefferson chega a dizer que convidará o general Hamilton Mourão, atual vice-presidente da República, para se filiar ao partido, visando uma eventual disputa presidencial, e que talvez ela servirá para apoiar Bolsonaro no segundo turno.

“Vamos convidar o Mourão. O PTB terá candidatura própria, quem sabe apoiamos o Bolsonaro no segundo turno”, disse ele. Ainda no mesmo documento, o ex-deputado também criticou a filha, a ex-deputada Cristhiane Brasil, dando a entender que ela não estaria colaborando para a sua visão atual de partido.

“Não é fácil afastar um filho, sei a dor de afastar a Cristiane. Mas o projeto político está acima das concessões sentimentais”, afirmou. Nas redes sociais, a reação à carta foi amplamente negativa, com muitos criticando Roberto Jefferson, o acuando de se voltar contra Bolsonaro. Todavia, lideranças do PTB pensam diferente, a exemplo do presidente da legenda em São Paulo, Otavio Fakhoury.

Ao dizer que leu a carta, Faka interpretou as palavras do ex-deputado pela perspectiva do cansaço e frustração diante da sua prisão. Jefferson foi preso no dia 13 de agosto por determinação do ministro Alexandre de Moraes, após gravar vídeos criticando os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) e em apoio ao dia 7 de setembro.

Com a saúde debilitada e idade avançada, o petebista também vem passando por diferentes internações e teve seus pedidos de habeas corpus negado pelo Supremo. “Bob na cadeia está sendo alimentado por info q pode estar truncada, distorcida, ou errada [sic]”, comentou Faka em sua rede social.

“Dito isso, sou contra lançar Mourão candidato a PR. PTB não está nem será oposição ao PR. Isso não foi escrito em lugar nenhum na carta. Dou desconto ao meu amigo Bob por ele estar preso, cansado, e recebendo informações possivelmente truncadas ou erradas em alguns aspectos”, completou o presidente do PTB-SP.

Crítica de mais apoiadores

Outros simpatizantes do presidente Jair Bolsonaro também reagiram negativamente à sua mudança de postura após o 7 de setembro, alegando que isso estaria contribuindo para a normalização de decisões judiciais contra apoiadores.

A suspensão de pagamentos oriundos das redes sociais é uma das decisões, tomadas no âmbito do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que mais tem incomodado, por exemplo, o influenciador conhecido como Roberto Boni, cover do cantor Roberto Carlos.

Boni tem usado suas redes sociais para criticar Bolsonaro por suposta omissão diante do que considera violação constitucional a direitos básicos, e alegar que o fato de não poder sacar os valores que recebe como influenciador tem prejudicado até a compra de medicamentos para a sua esposa.

Outro simpatizante de Bolsonaro que também vem externando críticas ao momento atual é o influenciador conhecido como “Ravox”. Ele também é um dos alvos do bloqueio econômico imposto judicialmente às suas redes sociais, motivo pelo qual vem se queixando da aparente indiferença do governo.

“Bloquearam minha conta de remessas do exterior! Lindo, parabéns… ‘é que eu movimentava dinheiro de contrabando e tráfico’. TIPO: queremos acabar com a sua vida e humilhar você como cidadão. Seus filhos não merecem estabilidade!”, protestou Ravox em tom de ironia.

DESTAQUE
Veja também:
close