11.5 C
Brasília
Quinta-feira, 30 Junho, 2022

Bolsonaro avisa a Fux, Lira e Pacheco que “as Forças Armadas não dão recado”

O presidente Jair Bolsonaro participou nesta terça-feira (19) da cerimônia de comemoração do Dia do Exército, onde fez um discurso exaltando o papel dos militares na garantia da “Lei e da Ordem” no país. Abrindo a sua fala, o chefe do Executivo se dirigiu ao presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Luiz Fux, bem como aos líderes da Câmara e do Senado, Arthur Lira e Rodrigo Pacheco.

Também estiveram presentes na solenidade outras autoridades, como o comandante do Exército Brasileiro. “Senhor ministro Fux, senhor deputado Arthur Lira, presidente da Câmara e senador Rodrigo Pacheco, presidente do Senado: é satisfação tê-los entre nós em uma data tão importante para o nosso Brasil”, afirmou Bolsonaro se referindo à data que marca os 374 anos do Exército.

“Quando se fala em exército brasileiro vem em nossa mente que em todos os momentos difíceis que a nossa nação atravessou, as Forças Armadas, o nosso Exército sempre estiveram presentes. Assim foi em 22, em 35, em 64, em 86 com a transição onde participação ativa do então comandante do Exército, Leônidas Pires Gonçalves, a transição foi feita com os militares e não contra os militares”, continuou o presidente.

“As Forças Armadas não dão recado. Elas estão presentes, elas sabem como proceder, sabem o que é melhor para o seu povo, o que é melhor para o seu país”, destacou o presidente, citando como exemplo a atuação do ex-comandante do Exército em 2016, general Villas Boas.

Ou seja, Bolsonaro deu a entender que durante o ano do impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff, o Exército teria atuado para garantir a ordem no país “em um momento difícil da nossa nação”.

“Também agora em 2016, em mais outro momento difícil da nossa nação, a participação do então comandante do Exército Villas Bôas marcou a nossa história. As tentativas de tomada de poder, de mudanças em nosso governo, em alterações na nossa forma de viver, isso inadmissível, em todos os momentos da história, as Forças Armadas, o Exército a fez”, afirmou o presidente.

Também segundo Bolsonaro, as Forças Armadas “têm participação ativa na garantia da lei e da ordem da nossa soberania e do regime ao qual o povo quer viver. E nós sabemos que esse regime acima de tudo, está a nossa liberdade. Porque todos sabem que um homem e uma mulher sem liberdade não vive”.

DESTAQUE
- Publicidade -
Veja também: