28.5 C
Brasília
Sexta-feira, 12 Agosto, 2022

Lula diz que as Forças Armadas devem ser fiéis à democracia: “Não toleramos ameaças”

Durante a sua viagem a Salvador, no sábado (2), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva fez declarações em tom de crítica aos militares das Forças Armadas, insinuando que os mesmos estariam cogitando não atuar dentro dos limites da Constituição Federal, devido à influência do presidente Jair Bolsonaro.

“É preciso superar o autoritarismo e as ameaças antidemocráticas. Não toleraremos qualquer espécie de ameaça ou tutela sobre as instituições representativas do voto popular”, disse líder petista.

“O Brasil independente e soberano que queremos não pode abrir mão de suas Forças Armadas. Não apenas bem equipadas e bem treinadas, mas sobretudo as Forças Armadas comprometidas com a democracia”, completou Lula.

O ex-presidente disse ainda ter a certeza de “que as forças armadas estarão ao lado do povo brasileiro na nossa luta por uma nova independência, como estiveram em momentos importantes da nossa história.”

DESTAQUE
Veja também:
close