11.5 C
Brasília
Quinta-feira, 30 Junho, 2022

Bares e restaurantes já demitiram 1 milhão de pessoas com o fechamento na quarentena

Mesmo com as medidas emergenciais que permitem a suspensão dos contratos de trabalho e oferta de auxílio pela MP do Salário, inúmeros bares e restaurantes não conseguiram evitar demissões, e o número de profissionais desempregados já supera 1 milhão.

A Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel) informou que desde o início da quarentena para conter o avanço do novo coronavírus no Brasil, a soma de 1 milhão de demissões se refere apenas aos empregos formais.

Ao todo, 20% dos bares e restaurantes do país já fecharam as portas de maneira definitiva, como consequência das medidas de isolamento social. Até março, o setor reunia quase 1 milhão de pontos comerciais e empregava cerca de 6 milhões de trabalhadores, sendo 3 milhões de empregos formais.

“Estamos enfrentando uma crise sem precedentes. Os estabelecimentos estão fechados, sem capital de giro e com muitas dúvidas sobre a questão da reabertura. Além disso, nosso setor é formado por muitas pequenas e médias empresas, que possuem pouco acesso ao crédito”, afirmou Cristiano Melles, presidente da Asscociação Nacional dos Restaurantes (ANR), em entrevista ao R7.

DESTAQUE
- Publicidade -
Veja também: