15.5 C
Brasília
Sábado, 25 Junho, 2022

“Devo escolher alguém amigo de quem?”, ironiza Bolsonaro sobre novo diretor da PF

O presidente Jair Bolsonaro rebateu críticas sobre a possível escolha do novo diretor-geral da Polícia Federal. O nome mais cotado até então é do atual diretor-geral da Abin (Agência Brasileira de Inteligência), Alexandre Ramagem.

No Facebook, Bolsonaro foi questionado por uma mulher sobre o fato de Ramagem ser amigo de seus filhos, mas o presidente deu a entender que já conhecia Ramagem antes mesmo dos seus filhos nascerem.

“E daí? Antes de conhecer meus filhos, eu conheci o Ramagem. Por isso deve ser vetado? Devo escolher alguém amigo de quem?”, afirmou o presidente em tom de ironia, aparentando que outras indicações, como a que poderia ser do então ministro Sérgio Moro, inevitavelmente também teria algum vínculo com figuras públicas.

A indicação do novo diretor-geral da PF vem sendo cercada de polêmicas, porque o então ministro Sérgio Moro, em sua coletiva de renúncia do cargo, afirmou que o presidente estaria tentando interferir nas decisões da corporação.

O presidente negou a informação. “Lamentavelmente o ex-ministro mentiu sobre interferência na Polícia Federal”, disse Bolsonaro em coletiva de imprensa na sexta-feira (24).

DESTAQUE
- Publicidade -
Veja também: