11.5 C
Brasília
Quinta-feira, 30 Junho, 2022

“Somos uma só nação, um povo guerreiro e acostumado a vencer”, diz Mandetta

O ministro da Saúde, Henrique Mandetta, se viu no meio de uma tensão motivada muito mais pela grande imprensa do que pelos fato ao seu redor, após o presidente Jair Bolsonaro fazer alguns comentários a seu respeito durante uma entrevista para a rádio Jovem Pan na última quinta-feira, 02.

Já em uma coletiva nesta sexta (03), Mandetta tratou de tranquilizar a população ao dizer que “não abandona o paciente”, quando foi questionado pro uma jornalista da rede Bandeirantes se pretendia renunciar ao cargo de ministro da Saúde.

Mandetta explicou que há discordâncias entre ele e Bolsonaro, o que seria natural, visto que ambos enxergam a situação política, econômica e de saúde do país por ângulos diferentes, cada qual buscando os interesses relativos ao cargo que ocupa. No que depender do ministro, segundo ele, o trabalho no ministério continuará, ficando a cargo do presidente a responsabilidade de mante-lo na função.

Mais cedo, através de uma rede social, o ministro reforçou a sua mensagem de cooperatividade: “O governo federal vem trabalhando de forma integrada e com absoluta transparência. Somos uma só nação, um povo guerreiro e acostumado a vencer desafios! Estamos avançando”, afirmou.

O ministro da Saúde também agradeceu a colaboração dos caminhoneiros, os quais são responsáveis pela maior parte dos abastecimentos do país. “Aproveito para agradecer a todos os caminhoneiros e demais profissionais do setor de transportes pelo apoio e excelente trabalho que estão realizando. Obrigado!”, afirmou.

DESTAQUE
- Publicidade -
Veja também: