15.5 C
Brasília
Terça-feira, 28 Junho, 2022

“O PSDB não passa de um PT vestido de Armani”, diz comentarista Ana Paula Henkel

O encontro recente do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em um almoço promovido pelo ex-ministro da Justiça tucano Nelson Jobim, causou repercussão no mundo político e dividiu opiniões, não apenas dos filiados aos partidos, como também da comentarista política Ana Paula Henkel.

Em uma entrevista para o programa Os Pingos nos Is, da rádio Jovem Pan, Ana Paula ironizou os elogios de FHC a Lula. Segundo o tucano, o petista teria mais condições de governar o país se comparado ao presidente Bolsonaro,  chegando a declarar voto no líder sindical numa eventual disputa de 2° turno em 2022.

“O PSDB não passa de um PT vestido de Armani, cheiroso e limpo”, disse a comentarista, insinuando que ambos os partidos compartilham da mesma essência ideológica.

“Impressiona-me assistir a Fernando Henrique Cardoso, que tanto fala sobre proteger a democracia, encontrar-se com um corrupto”, afirmou. “Se pesquisarmos sobre Pacto de Princeton e Teatro das Tesouras, veremos o que esse encontro representa”, concluiu Ana Paula Henkel.

DESTAQUE
- Publicidade -
Veja também: