15.5 C
Brasília
Terça-feira, 28 Junho, 2022

Governadores recorrem ao STF contra convocação à CPI da Covid: “Ato abusivo ilegal”

Na última quarta-feira, os senadores que compõem a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que apura possíveis crimes de responsabilidade na gestão da pandemia do coronavírus no Brasil, aprovaram uma série de requerimentos pela convocação de nove governadores estaduais. Todavia, houve reação.

Isso porque, 18 governadores já ingressaram com recurso no Supremo Tribunal Federal (STF) pedindo o direito de não comparecer à CPI, segundo eles, alegando “ato abusivo ilegal” por parte dos senadores.

Muito embora apenas nove governadores tenham sido convocados, vários outros resolveram se antecipar com o recurso no STF. Foram os gestores de Alagoas, Amazonas, Amapá, Bahia, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Pará, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Rondônia, Santa Catarina, São Paulo, Sergipe, Tocantins e o Distrito Federal.

No recurso, eles alegam que “uma vez permitida a convocação de Governadores em CPIs no âmbito do Congresso Nacional, estar-se-ia autorizando uma nova hipótese de intervenção federal no âmbito das gestões administrativas estaduais”, segundo a Oeste.

CPI da Covid: ‘Se pudermos convocar governadores, será possível convocar Bolsonaro’

DESTAQUE
- Publicidade -
Veja também: