15.5 C
Brasília
Sábado, 25 Junho, 2022

“Como sempre, ele entrega coisas para a Globo”, diz Bolsonaro sobre Sérgio Moro

A entrega de diálogos à TV Globo por parte do ex-ministro Sérgio Moro foi duramente criticada pelo presidente Jair Bolsonaro. Ele declarou a jornalistas que o antigo juiz da Lava-Jato teria cometido crime federal.

“O Sergio Moro foi correndo entregar o telefone para o William Bonner, para a Globo. Como sempre, ele entrega coisas para a Globo. Inclusive, ele tinha peças de relatórios pessoais de coisas que eu passava para ele. É um crime federal”, disse Bolsonaro.

Esses diálogos entregues ao Jornal Nacional após a saída de Moro do Ministério da Justiça e Segurança Pública no dia 24 de abril deixou o presidente amplamente irritado.

“Ele [Moro] tinha peças de relatórios parciais de coisas que eu passava para ele. E entregar para a Globo isso? Isso é crime federal, talvez incurso na lei de Segurança Nacional. E pode ver que eu confiava nele. Tanto é que passava extratos de informações com chefes de Estado e com inteligências de fora do Brasil. Mas tudo bem”, finalizou, contrariado.

Agora, aguarda-se um posicionamento do procurador-geral da República, Augusto Aras, que agiu instantaneamente para pedir abertura de inquérito, ainda no dia 24 de abril, para investigar as alegações de Moro contra o presidente.

DESTAQUE
- Publicidade -
Veja também: