24.5 C
Brasília
Segunda-feira, 27 Junho, 2022

Bolsonaro ironiza João Doria: “Superar divergência não é abandonar a própria honra”

O presidente Jair Bolsonaro usou suas redes sociais para mandar uma indireta ao governador João Doria, após o tucano ter repercutido na mídia ao longo do dia, por ter compartilhado uma mensagem do ex-presidiário Luiz Inácio Lula da Silva em apoio aos governadores do país.

Bolsonaro não citou o governador de São Paulo, mas o contexto da mensagem deixa claro se tratar de uma indireta para João Doria. “Quando falamos em união, nos referimos aos que querem o melhor para o Brasil e para os brasileiros, não uma aliança com quem quase o destruiu por completo”, escreveu o presidente.

Mais cedo, Doria comentou uma citação de Lula a seu respeito, afirmando o seguinte: “Temos muitas diferenças. Mas agora não é hora de expor discordâncias. O vírus não escolhe ideologia nem partidos. O momento é de foco, serenidade e trabalho para ajudar a salvar o Brasil e os brasileiros”.

Neste sentido, Bolsonaro completou a sua indireta fazendo alusão ao caso: “Discordâncias temos entre meras posições. Superar divergência não é abandonar a própria honra nem a verdade”. Por causa da publicação de Doria, até mesmo aliados do governador fizeram críticas, como a deputada Joice Hassellmann.

“Desculpe-me, gov. @jdoriajr , mas não posso me calar! As ideologias podem ficar de lado, a lei NUNCA!!! Não podemos ‘mostrar os dentes’ para criminosos como @LulaOficial q roubou o futuro da nação. Sou a favor da união de gente de bem, mas NUNCA passarei a mão da cabeça de bandido [sic]”, comentou a deputada.

DESTAQUE
- Publicidade -
Veja também: