Mais

    Bolsonaro diz que desemprego é fruto do “fecha tudo”, “fique em casa” e “te prendo”

    O presidente Jair Bolsonaro dividiu o seu domingo de Páscoa entre declarações de fé e críticas aos defensores do isolamento radical por causa do novo coronavírus.

    Muitos populares saíram às ruas em várias cidades do Brasil, em carreata, pedindo pela reabertura do comércio e flexibilização da quarentena. Bolsonaro mostrou estar acompanhando ao compartilhar um vídeo que mostra à ação em um dos locais.

    “Além do vírus, agora também temos o desemprego, fruto do ‘fecha tudo’ e ‘fica em casa’, ou ainda o ‘TE PRENDO’”, escreveu o presidente me sua conta no Twitter ao legendar a agravação. O “TE PRENDO”, provavelmente, foi uma referência irônica ao governador de São Paulo, João Doria.

    Bolsonaro afirmou que “para toda ação desproporcional a reação também é forte”, apontando que o aumento das carreatas pelo país reflete o cenário de descontentamento da população com às medidas adotadas por alguns governadores.

    “O Governo Federal busca o diálogo e solução para todos os problemas, e não apenas um“, concluiu Bolsonaro. Assista abaixo o vídeo compartilhado pelo presidente:

    Leia também:

    Posts da semana

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    close