23.5 C
Brasília
Sábado, 25 Junho, 2022

Arthur Weintraub, irmão de ex-ministro, é convocado para depor na CPI da Covid

Reunidos nesta quarta-feira (26) para avaliar uma série de requerimentos para a CPI da Pandemia, os senadores convocaram, entre outros, Arthur Weintraub, irmão do ex-ministro da Educação, Abraham Weintraub, para prestar depoimento perante à Comissão Parlamentar de Inquérito.

Além de Weintraub, foram aprovadas convocações também de nove governadores estaduais. O ex-ministro Eduardo Pazuello, que já havia prestado depoimento na CPI, também foi reconvocado, assim como o atual ministro da Saúde, Marcelo Queiroga.

Arthur Weintraub, defensor do tratamento precoce contra o coronavírus, é ex-assessor da Presidência da República e foi apontado como um dos supostos conselheiros do presidente Jair Bolsonaro sobre um suposto “gabinete paralelo” da Saúde.

Os senadores também convocaram o assessor da Presidência Filipe Martins, o empresário Carlos Wizard, o ex-assessor de Pazuello Markinhos Show. Uma das figuras de grande interesse dos aliados do governo, no entanto, não foi convocada. Se trata de Carlos Gabas, apontado como presidente do Consórcio Nordeste.

APROVADO: nove governadores de estados terão que depor na CPI da Pandemia

DESTAQUE
- Publicidade -
Veja também: