28.5 C
Brasília
Sexta-feira, 12 Agosto, 2022

Weintraub ataca militares ao falar em desmascarar “quem domina o Exército”

O ex-ministro da Educação, Abraham Weintraub, participou de mais uma live onde, dessa vez, atacou parte dos militares brasileiros. O economista que tem feito oposição ao governo do presidente Jair Bolsonaro desde que foi tido como um desafeto, acusou o Exército Brasileiro de ser dominado.

“Eu acho que a gente tem que chegar o momento do desmascarar quem domina o Exército Brasileiro, como instituição. O Exército Brasileiro é uma instituição e quem participa do Exército Brasileiro? É o povo, o soldado, o sargento, o tenente. O problema está no topo de quem controla o Exército há muitas gerações”, acusou o ex-ministro, sem apresentar provas ou apontar nomes.

Oficialmente, o chefe supremo das Forças Armadas é o presidente da República, atualmente Jair Messias Bolsonaro. Abaixo dele estão o ministro da Defesa e os comandantes da Marinha, Exército e Aeronáutica.

Em sua fala, contudo, Weintraub dá a entender que o Exército seria controlado por outra pessoa ou um grupo, e não pelas autoridades devidamente constituídas. Ele também afirmou que existe uma visão positiva em relação aos militares, a qual precisa ser desconstruída para que haja um desmonte do “comunismo”.

“Foi uma das descobertas que eu vi em Brasília: esse ‘positivismo’ no Exército Brasileiro. É, talvez, o principal problema hoje. Enquanto a gente não resolver o ‘positivismo’, a gente não consegue desmontar o comunismo, o socialismo, a esquerda no Brasil”, disparou Weintraub.

DESTAQUE
Veja também:
close