11.5 C
Brasília
Sábado, 25 Junho, 2022

Weintraub aposta em “provável derrota” da direita com indulto a Daniel e é criticado

O ex-ministro da Educação, Abraham Weintraub, parece estar decidido em comprar briga com os apoiadores mais fiéis ao governo do presidente Jair Bolsonaro. Após menosprezar a importância do indulto oferecido ao deputado Daniel Silveira, o economista agora disse apostar na “provável nova derrota” da direita.

Weintraub voltou a fazer alusão a uma expressão que remete a Bolsonaro. Dessa vez, escreveu “e conhecereis a Verdade” para introduzir as suas colocações, que também foram alvos de críticas.

“E conhecereis a Verdade: Tomara que o indulto dê certo, ao menos para o Daniel. Porém, a provável nova derrota nos deixará pior. A euforia gerou a falsa sensação de segurança, haverá mais perseguições e a frustração enfraquecerá ainda mais a direita. Agora, podem me crucificar”, postou o ex-ministro na sexta-feira, 22.

Em uma publicação anterior, Weintraub disse que não confia mais em Bolsonaro, insinuando que o perdão presidencial oferecido a Daniel Silveira poderá ser alterado pelo presidente. A postagem também foi criticada por muitos seguidores.

“Gostaria que essa fosse uma mudança definitiva na postura do Presidente. E não um evento isolado que será revertido com desculpas. Eu, simplesmente, não confio mais”, disse ele.

Quanto à aposta na piora do cenário para a direita, seguidores também questionaram a atual postura do ex-ministro, apontando a sua inexperiência no campo político, se comparada a do presidente, que está mais de 30 anos na vida pública.

“Não se trata de crucificar. Vc ainda não entendeu que sobre política, vc ainda usa fraudas. O presidente sabe o terreno onde pisa. Vc devia apoia-lo, mas resolveu ataca-lo, como se isso resolvessem os problemas do país. Com a renovação do Congresso, teremos êxitos em várias áreas [sic]”, pontuou uma internauta.

DESTAQUE
- Publicidade -
Veja também: