11.5 C
Brasília
Quinta-feira, 30 Junho, 2022

“Vou resolver o problema nesta semana”, diz Bolsonaro sobre decisão polêmica do STF

O presidente Jair Bolsonaro falou com populares e jornalistas na saída do Palácio do Alvorada, na terça-feira, onde comentou uma decisão recente do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal.

Ao julgar uma ação da Ordem dos Advogados do Brasil, Moraes acatou o pedido dos advogados, decidindo que “não compete ao Poder Executivo federal afastar, unilateralmente, as decisões dos governos estaduais, distrital e municipais”.

Moraes se referiu ao poder de decisão dos governadores e prefeitos sobre os decretos de quarentena. Na prática, o ministro decidiu que os governos locais não são obrigados a seguir as medidas do Governo Federal, podendo tomar decisões próprias no sentido de isolar a população e determinar o fechamento dos comércios.

Ao ser questionado sobre a decisão de autorizar a liberação das atividades comerciais no país, portanto, Bolsonaro ironizou: “Quem reabre o Brasil não sou eu, é governador e prefeito. Eu não tenho poder nenhum”, disse ele.

“O Supremo decidiu, ué, quer que eu faça o quê? O Supremo decidiu: quem fecha ou abre é governador e prefeito”, completou o presidente. Na mesma ocasião, contudo, Bolsonaro foi taxativo ao dizer que esta situação deverá mudar: “Vou resolver o problema nesta semana”, afirmou.

DESTAQUE
- Publicidade -
Veja também: