15.5 C
Brasília
Sábado, 25 Junho, 2022

Vídeo: local em frente ao casamento de Lula tem protesto: “Lula ladrão”

Nem mesmo no dia do seu casamento, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva deixou de correr o risco de ser chamado de “ladrão” por parte dos seus opositores. O líder petista casou com “Janja” na casa de eventos Contemporâneo, do grupo Bisutti, na zona sul da capital paulista, nesta quarta-feira (18).

Por volta das 22h dessa noite, uma mulher parou um carro em frente ao local e gritou “Lula ladrão”, o que chamou a atenção dos apoiadores do petistas que estavam na ocasião. A popular desceu do veículo e disse que foi agredida com um spray de pimenta por um “esquerdista”.

No local, a mulher e um apoiador de Lula começaram a bater boca. Antes disso, porém, outros populares já haviam passado em frente ao local do casamento e também gritado palavras de protesto contra Lula, segundo informações do Metrópoles.

Por mais que Lula e Janja tenham tentado omitir o lugar do casamento até o último instante, buscando reservar a divulgação do local apenas para os convidados, “fofoqueiros” dos famosos como o colunista Leo Dias divulgaram com antecedência onde a cerimônia ocorreria.

Estiveram no evento figuras como a ex-presidente Dilma Rousseff, a presidente nacional do PT Gleisi Hoffmann, o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad e a governadora do Rio Grande do Norte Fátima Bezerra (PT).

Entre os famosos, estiveram os cantores Gilberto Gil, Duda Beat, Daniela Mercury e o ex-BBB Gil do Vigor. O pré-candidato a vice na chapa de Lula, o ex-governador Geraldo Alckmin (PSB), também esteve no casamento do petista acompanhado da sua esposa. Assista:

DESTAQUE
- Publicidade -
Veja também: