Mais

    “Vamos trabalhar pela promoção e defesa dos direitos LGBTQIA+”, diz Janja

    A atual primeira-dama do Brasil, Janja da Silva (PT), usou as redes sociais para manifestar apoio à comunidade LGBT+, celebrando o Dia do Orgulho. Ela também anunciou que o governo deverá trabalhar para promover a “defesa dos direitos” desse segmento populacional.

    “Uma das coisas mais bonitas do ser humano é poder ser quem se é e ter o direito de viver uma vida digna e segura. Neste Dia Internacional do Orgulho LGBTQIA+, lutamos por respeito, direitos, acolhimento, afeto e igualdade”, destacou Janja.

    “Junto com o presidente @LulaOficial, vamos trabalhar pela promoção e defesa dos direitos da população LGBTQIA+”, completou a primeira-dama. Na noite de ontem, em alusão ao Dia do Orgulho, o governo projetou cores do movimento LGBT+ no Itamaraty e no Palácio no Planalto.

    Recentemente, Janja e Lula se encontraram com o ex-deputado federal Jean Wyllys (foto de capa), que está com o seu retorno previsto ao Brasil. “Ela gosta muito do deputado e quer que ele faça parte do governo”, disse uma fonte noticiada pelo IG.

    O apoio às bandeiras do movimento LGBT+ sempre foi uma das principais preocupações do público conservador no tocante aos governos petistas. Agora de volta ao poder, Lula confirma, mais uma vez, o seu alinhamento progressista, contrastando com as posições do ex-presidente Jair Messias Bolsonaro e a sua esposa, Michelle Bolsonaro, que é evangélica.

    Leia também:

    Posts da semana

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui