11.5 C
Brasília
Sábado, 25 Junho, 2022

URGENTE: Justiça decide que Moro não poderá se candidatar por SP, a nenhum cargo

Se a situação política do ex-ministro Sérgio Moro já estava ruim, ela agora poderá piorar de uma vez por todas. Isso, porque, o Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP) rejeitou nesta terça-feira (7), por quatro votos a dois, a transferência do seu domicílio eleitoral para São Paulo, o que impede a sua candidatura para qualquer cargo este ano.

Por lei, os candidatos precisam manter o domicílio eleitoral no estado onde possuem algum vínculo. No caso de Moro, que é do Paraná, os juízes entenderam que ele não possui ligação efetiva com São Paulo.

“Não há vínculo profissional algum com o estado de São Paulo a não ser por uma consultoria que durante grande parte do tempo foi prestada de forma virtual”, afirmou o juiz Marcio Kayatt.

Filiado ao União Brasil após sair de forma vexatória do Podemos, Moro saiu de um cenário de potencial candidato à Presidência da República para o de incertezas. O partido ainda estava para decidir se ele iria se candidatar ao Senado ou à Câmara, mas com a decisão de hoje, nem isso será possível.

Contudo, a decisão do TRE ainda cabe recurso ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que poderá reverter a situação. A essa altura da pré-campanha, no entanto, as chances de Moro sair dessa situação com uma vitória parecem definhar cada vez mais.

DESTAQUE
- Publicidade -
Veja também: