28.5 C
Brasília
Sexta-feira, 12 Agosto, 2022

URGENTE: Diretor da CAIXA responsável por setor de denúncias é achado morto no DF

O executivo Sérgio Ricardo Faustino Batista, diretor de Controles Internos e Integridade da Caixa Econômica Federal, foi encontrado morto na sede do banco em Brasília, na noite da terça-feira 19.

O corpo do diretor da Caixa foi encontrado na área externa do prédio do banco por vigilantes que estavam de plantão. A ocorrência foi registrada pela Polícia Civil do Distrito Federal, e a Polícia Federal também foi comunicada. O caso é tratado preliminarmente como suicídio.

Sérgio Faustino Batista controlava área responsável pelo recebimento de denúncias de funcionários por meio dos canais internos do banco. Portanto, estava envolvido nas investigações sobre assédio sexual, que afastaram no fim de junho o ex-presidente da Caixa Pedro Guimarães.

Depois de o escândalo se tornar público, a Caixa admitiu que uma denúncia contra Pedro Guimarães por assédio estava em trâmite nos canais internos de investigação. Pelo menos cinco funcionárias do banco acusam o ex-presidente de comportamentos inadequados, como toques íntimos não autorizados e convites incompatíveis com a relação profissional.

O diretor encontrado morto tinha 54 anos e se manteve no cargo depois da transição de comando, quando Daniella Marques assumiu a presidência do banco, no começo de julho.

Batista entrou na Caixa em 1989 e assumiu a diretoria de Controles Internos por processo seletivo em março de 2022. Antes, era considerado um dos assessores estratégicos de Pedro Guimarães na hierarquia de comando. Com: Oeste.

DESTAQUE
Veja também:
close