11.5 C
Brasília
Quinta-feira, 30 Junho, 2022

Roberto Jefferson abre mão de se candidatar ao Senado para dar lugar a Silveira

O ex-deputado federal Roberto Jefferson, presidente de honra do Partido Trabalhista Brasileiro (PTB), abriu mão da sua candidatura ao Senado Federal para apoiar o deputado Daniel Silveira para a vaga. Segundo avaliações de membros do partido, o gesto é uma demonstração de força e unidade em prol da candidatura “da vez” no atual momento.

Jefferson, por outro lado, poderá disputar o governo do Rio de Janeiro, segundo vem ventilando a sua filha, a ex-deputada Cristiane Brasil. No entanto, a concentração de forças mesmos está na candidatura de Silveira ao Senado.

Isso porque, como Silveira e Jefferson estão sendo alvos de medidas do Supremo Tribunal Federal consideradas abusos de autoridade por parte da liderança petebista, a possível eleição de Daniel Silveira seria uma resposta do PTB contra os ministros da Corte, em especial ao ministro Alexandre de Moraes.

Fontes do PTB alegam que a decisão recente de Moraes em suspender o presidente nacional do partido, Marcus Vinícius, que é ex-genro de Jefferson e está totalmente alinhado ao ex-deputado, bem como a determinação para que Silveira volte a utilizar tornozeleira eletrônica, seriam reações que já teriam por objetivo minar a capacidade de reorganização da legenda para o pleito eleitoral.

Essas alegações, contudo, evidentemente são especulações baseadas no desenrolar dos últimos acontecimentos, incluindo o afastamento da ex-presidente do PTB, Graciela Nienov, que foi expulsa da presidência do partido na eleição da nova Executiva Nacional, ocorrida em 11 de fevereiro, justamente por ter sido acusada pelo grupo de Jefferson de uma suposta cooperação com Moraes para a manutenção da prisão do ex-deputado.

Em todo caso, o fato é que o nome de Daniel Silveira vem se fortalecendo para a disputa pelo Senado no Rio de Janeiro, e há quem diga que a sua decisão de não obedecer a ordem de Moraes para voltar a utilizar a tornozeleira eletrônica, se entrincheirando na Câmara dos Deputados, seria um gesto de coragem política que tem por objetivo selar de vez a sua candidatura.

DESTAQUE
- Publicidade -
Veja também: