Psicóloga rebate declaração de Moro sobre lealdade: “Serviu sim, ao seu EGO”

Psicóloga rebate fala de Moro sobre lealdade:
Reprodução: Google

A psicóloga e escritora Marisa Lobo, presidente do Avante no estado do Paraná, utilizou a sua rede social para rebater uma declaração feita pelo ex-ministro da Justiça, Sérgio Moro.

Em uma entrevista para a revista americana Times, Sérgio Moro procurou justificar a sua saída do governo Jair Bolsonaro.

“Não era minha intenção prejudicar o governo”, disse ele. “Mas eu não me sentiria confortável com minha consciência sem explicar por que estava saindo”, destacou o ex-ministro.

Em dada ocasião, Moro também afirmou que não entrou “no Governo para servir a um mestre. Entrei para servir ao País, à Lei.” Para Marisa Lobo, o ex-ministro na verdade serviu a si mesmo.

“Como poderia servir um pais sendo insubordinado a sua liderança?”, questionou a psicóloga.

Quando servimos a pátria, não causamos o caos para massagear nosso Ego. Não existe corrupção no governo Jair Bolsonaro, mas o senhor queria produzir uma dúvida, dividir para enganar a opinião pública. Serviu sim, seu EGO.”

Ainda na entrevista para a Times, Sérgio Moro fez comparou as críticas que vem enfrentando atualmente com as do passado, quando atuou como juiz na operação Lava Jato.

“Eu tenho uma consciência absolutamente clara sobre o que fiz durante a Lava Jato. Há uma tentativa de caracterizar tudo como perseguição política; para me considerar um carrasco”, disse ele.