21.5 C
Brasília
Sábado, 2 Julho, 2022

Para Kicis, cassação de deputado por fake news visa “atingir Bolsonaro e apoiadores”

A deputada federal Bia Kicis comentou sobre a decisão do ministro Kassio Nunes Marques, que derrubou a cassação do deputado estadual Fernando Francischini (União-PR). Durante uma entrevista ao Jornal da Manhã, da Jovem Pan, ela disse que a decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) contra o parlamentar do Paraná tem como objetivo atingir Bolsonaro.

“Não temos dúvida de que tudo isso que está sendo feito é para atingir Jair Bolsonaro e seus apoiadores mais próximos. Na verdade, qualquer um que ousar apoiar o presidente Bolsonaro será perseguido pela justiça eleitoral”, afirmou a deputada.

Em outras palavras, Kicis entende que a intenção com a cassação de Francischini seria criar uma jurisprudência, a fim de poder enquadrar o presidente Jair Bolsonaro, caso ele levante suspeitas sobre a lisura das eleições este ano. O chefe do Executivo já vem sendo alvo de investigações neste sentido, no inquérito das fake news.

“O caso do Francischini é assustador. É um assombro que algo como isso aconteça em um país que se diz democrático”, ressaltou Bia Kicis, explicando o contexto da ação que terminou motivando a cassação do parlamentar.

“O Francischini, nas eleições, utilizando-se da liberdade de expressão e da imunidade parlamentar, levou ao ar denúncias de pessoas que não conseguiam votar em seu candidato, que atribuíam isso a uma falha. Ele levou isso, reverberou em vídeos e foi cassado por isso sem previsão legal. E isso veio para dar um sinal”, conclui a deputada.

DESTAQUE
- Publicidade -
Veja também: