Na GloboNews, Guga diz que Lula apoia ditadura e “se juntou a líderes hipócritas”

Viralizou nas redes sociais um vídeo onde o jornalista Guga Chacra, analista de política internacional da GloboNews, aparece fazendo críticas ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), que recentemente esteve reunido com o ditador Mohamed bin Salman, chamado de “sanguinário” pelo comunicador.

Internautas compartilharam o trecho do comentário de Guga, sugerindo que até os jornalistas que seriam, supostamente, alinhados ao governo atual, estariam se frustrando com os posicionamentos do presidente da República.

“Lula, que diz defender os direitos humanos, adora falar sobre democracia (…) apoia a ditadura da Venezuela, de Cuba, da Nicarágua”, afirmou Guga Chacra, ao vivo, durante a transmissão do canal.

“Ele se juntou a outros líderes hipócritas do mundo, como Joe Biden, dos EUA, Emmanuel Macron, da França, que também são supostos defensores da democracia, e se reuniu com o Mohamed bin Salman, um ditador sanguinário”, completou o jornalista.

Na ocasião, Guga também criticou o fato de Lula não condenar os crimes de guerra do presidente russo Vladimir Putin. Recentemente, o petista disse que não o prenderia em caso de visita ao Brasil, conforme o determinado pelo Tribunal Penal Internacional de Haia, do qual o Brasil é signatário e, portanto, tem a obrigação legal de fazer cumprir mandados.

“Se eu for presidente do Brasil, e se ele (Putin) vier para o Brasil, não tem como ele ser preso. Ninguém vai desrespeitar o Brasil”, afirmou o petista. O próprio Tribunal Internacional rebateu a declaração do presidente brasileiro, segundo informações da Gazeta do Povo repassadas pelo porta-voz Fadi Elabdallah. Assista:

Leia também:

Posts da semana

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

close