24.5 C
Brasília
Segunda-feira, 27 Junho, 2022

Ministro da Saúde dá invertida em Doria ao responder crítica: “Pare de palanque”

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, não deixou passar despercebido um comentário feito pelo governador de São Paulo, João Doria (PSDB-SP), sobre a distribuição de vacinas contra o novo coronavírus por parte do Governo Federal, especificamente em relação ao estado do tucano.

Ao comentar o recebimento de quase 1 milhão de doses por parte do Governo, Doria deu a entender que São Paulo não teria recebido a sua parcela por questões de ordem política e/ou falta de comprometimento em decorrência do feriado da quinta-feira, dia 03.

“Descaso com a vida dos brasileiros. Ontem o Ministério da Saúde recebeu 936 mil doses da vacina Pfizer em Viracopos/SP. Surpreendentemente, até agora SP não recebeu nenhuma dose. A resposta do MS é que hoje (03/06) é feriado. Pelo visto, para o Governo Federal vidas não importam”, escreveu Doria em suas redes sociais.

Queiroga, por sua vez, rebateu o governador, acusando o mesmo de usar a situação para se autopromover politicamente. O ministro também apontou falta de conhecimento por parte do tucano sobre os procedimentos administrativos envolvendo a distribuição das vacinas.

“Senhor Governador, antes de emitir esse tipo de comunicado, informe-se com seu secretário de saúde como funciona a tripartite. Daí, conversamos. Pare de palanque. Precisamos unir o Brasil”, rebateu o ministro.

Imagem em destaque

DESTAQUE
- Publicidade -
Veja também: