15.5 C
Brasília
Sábado, 25 Junho, 2022

Marco Aurélio volta a criticar Moraes: ‘Falta pouco pra usar estrela de xerife’

O ex-ministro Marco Aurélio Mello voltou a fazer críticas durante uma entrevista nesta terça-feira (26), ao seu ex-colega de Corte ministro Alexandre de Moraes, por causa da sua atuação recente envolvendo o deputado Daniel Silveira.

“Ele está se aproximando de colocar a estrela no peito e o revólver na cintura. Ou seja, a atuação como xerife, não é o que convém. Os homens aceitam muito mais gestos do que palavras”, disse Marco Aurélio ao UOL, argumentando que o estrito cumprimento da Constituição Federal precisa ser respeitado.

“Não cabe partir para o discurso visando fustigar a quem quer que seja (…) O juiz deve atuar com firmeza, ou seja, tornando prevalecente a legislação regente da matéria, a legislação em vigor”, disse ele.

Em outra ocasião, o ex-ministro defendeu a necessidade de pacificação entre os Poderes da República, dizendo que é preciso “tirar o pé do acelerador”. Marco Aurélio também voltou a demonstrar receio pelo fato de Moraes ser o futuro presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), justamente durante às eleições desse ano.

“Precisamos de um cenário não de antagonismos, mas sim de respeito mútuo por parte dos agentes políticos. Se eu não fosse um homem otimista por criação na família e por minha vida no serviço público, minha vida como integrante do colegiado julgador, eu recearia até para próxima presidência da Justiça Eleitoral que está a cargo do ministro Alexandre de Moraes”, disse ele.

“Que se tire, como costumo dizer, um jargão, inclusive carioca, que se tire o pé do acelerador e se sente à mesa e não na mesa, para que prevaleça o entendimento, para que prevaleça a paz social”, concluiu o ex-ministro.

Não é a primeira vez que Marco Aurélio Mello critica Alexandre de Moraes. Também sobre o mesmo julgamento envolvendo o deputado federal Daniel Silveira, o ex-ministro se disse espantado com a decisão pela condenação do parlamentar a quase 9 anos de prisão em regime fechado. Veja aqui.

DESTAQUE
- Publicidade -
Veja também: