Madonna compartilha vídeo defendendo a cloroquina e é censurada pelo Instagram

Madonna compartilha vídeo defendendo a cloroquina e é censurada pelo Instagram
Reprodução: Google

A cantora Madonna, considerada a rainha da música pop, compartilhou o vídeo de uma mulher que se apresenta como médica e defende o uso da hidroxicloroquina para o tratamento do novo coronavírus, mas foi censurada pela rede social Instagram logo em seguida.

Madonna compartilhou um vídeo da médica Stella Immanuel, que viajou com um grupo de colegas para Washigton, capital americana, para defender o uso da hidroxicloroquina no tratamento do coronavírus. Em sua publicação, a cantora escreveu:

“A verdade vai nos libertar! Mas algumas pessoas não querem ouvir a verdade. Especialmente as pessoas no poder que ganham dinheiro com essa longa busca por uma vacina que foi comprovada e está disponível há meses.”

Madonna acrescentou: “Preferem deixar que o medo os controle e deixar que os ricos fiquem mais ricos e que os pobres e doentes fiquem mais doentes. Esta mulher é minha heroína. Obrigado Stella Immanuel.”

Minutos depois, o Instagram marcou a publicação como “falsa” e o conteúdo foi removido da conta de Madonna, supostamente por ela mesma, segundo informações do Terra.

Stella Immanuel segue se manifestando em defesa do medicamento e o seu vídeo chegou a ser compartilhado por por Donald Trump Jr., filho de Donald Trump.

No Brasil, a Associação Médica Brasileira (AMB) publicou uma nota recentemente defendendo a autonomia dos médicos sobre o uso da cloroquina e criticando a politização sobre a questão. Assista o vídeo abaixo:

Posted by Wesley Moreira on Tuesday, July 28, 2020