14.5 C
Brasília
Domingo, 26 Junho, 2022

Lula critica a classe média e sugere controle de consumo: “Uma televisão já tá boa”

Várias falas do ex-presidente Lula passaram a circulas nas redes sociais nas últimas horas, após um discurso feito pelo petista em um evento chamado “Brasil-Alemanha – União Europeia: desafios progressistas – parcerias estratégicas”. Na ocasião, o líder sindical atacou a classe média e chegou a sugerir o controle de consumo por parte da população.

“Nós temos uma classe média que ela é muito, ela ostenta um padrão de vida que nenhum lugar do mundo a classe média ostenta. Nós temos uma classe média que ostenta um padrão de vida, sabe, que não tem na Europa, que não tem em muitos lugares”, declarou o ex-presidente.

Recebendo um salário de cerca de R$ 22 mil do Partido dos Trabalhadores (PT) desde 2019, segundo a CNN, sem contar com outras rendas, Lula disse que “Aqui na América Latina, a chamada classe média ostenta muito um padrão de vida acima do necessário”.

Na sequência do seu discurso, Lula deu a entender que a população deveria controlar o seu consumo, dispensando, por exemplo, a escolha de ter mais de um aparelho de TV ou outros eletrodomésticos.

“É uma pena que a gente não nasce e não tem uma aula: o que é necessário para sobreviver? Tem um limite que pode me contentar como um ser humano. Eu quero uma casa, eu quero casar, eu quero ter um carro, eu quero ter uma televisão. Não precisa ter uma em cada sala. Uma televisão já tá boa”, disse ele.

Na mesma ocasião, Lula também atacou a “pauta da família”, chamando-a de “atrasada” e também defendeu a legalização do aborto como uma questão de “saúde pública” que deve ser direito de todos. Veja aqui!

DESTAQUE
- Publicidade -
Veja também: