14.5 C
Brasília
Domingo, 26 Junho, 2022

Libertar presos pelo Covid-19 é irracional, “afinal, estamos todos presos”, diz Janaína

A deputada estadual por São Paulo, Janaína Paschoal, voltou a criticar a libertação de presos por causa da pandemia de coronavírus. A parlamentar citou “magistrados que vêm soltando presos”, afirmando que para ela se trata de algo “irracional”.

“Com todo respeito aos magistrados, que vêm soltando presos por causa do COVID 19, ouso dizer ser um tanto quanto contraditório. Sejam, ou não, dos grupos de risco, os presos já estão confinados e têm garantia de alimentação. Soltar os presos ricos implica iniquidade”, afirmou Janaína.

A deputada argumentou que a libertação do condenados agravaria ainda mais o problema, tanto pela perspectiva da criminalidade, como pela questão humanitária, uma vez que os mais pobres não teriam condições de se sustentar.

“Soltar os presos pobres gerará a dificuldade de incluí-los em algum programa social, a fim de que não passem fome. Se a única causa para libertação é o COVID, penso que essas decisões devem ser repensadas…. neste período, suspender as visitas é o que deve ser feito”, argumentou a deputada.

Enxergando a problemática da pandemia de modo amplo, Janaína apresentou um raciocínio coerente ao dizer que sob a perspectiva da saúde toda a população está refém do vírus, o que não mudaria nada em relação aos presos que já estão confinados nos presídios.

“Sei que parece pouco humano de minha parte, mas, dado o contexto, essas libertações, salvo melhor juízo, são irracionais. Afinal, estamos todos presos”, disse ela.

DESTAQUE
- Publicidade -
Veja também: