FHC admite que “a questão fundamental no Brasil hoje é reabrir a economia”

Ex-presidente da República, Fernando Henrique Cardoso (FHC) admitiu durante um evento realizado no último sábado (01) que é preciso reabrir a economia do país para o bem dos trabalhadores. Em outras palavras, que é preciso retomar as atividades comerciais, apesar da pandemia do coronavírus ainda em curso.

“É fundamental hoje nós pensarmos nos trabalhadores porque há muito desemprego no Brasil. Eu diria que a questão fundamental no Brasil hoje é reabrir a economia de modo tal que ela possa permitir que tenhamos trabalho, renda, para as nossas famílias”, disse ele na ocasião, segundo a Época.

A declaração ocorreu durante um evento organizado pela CUT, Força Sindical, UGT, CTB, NCST, CSB, Intersindical, Pública e CGTB em celebração ao 1° de Maio, Dia dos Trabalhadores. A fala de FHC repercutiu entre os apoiadores do governo Bolsonaro. O próprio presidente da República divulgou o comentário do ex-presidente.

“E para nós, do Executivo, interessa sim que a economia funcione, que o Brasil volte à normalidade. Até aproveitar para cumprimentar o Fernando Henrique Cardoso que diz que o comércio tem que abrir, voltar a funcionar, coisa que eu falava desde março do ano passado. Mas é bem-vindo esse reconhecimento por parte da maior liderança que tem o PSDB aqui no Brasil”, afirmou Bolsonaro na segunda à noite, em frente ao Alvorada.