13.5 C
Brasília
Quarta-feira, 29 Junho, 2022

Crítico do STF, deputado vai se candidatar ao Senado para enfrentar “poderes”

O deputado federal Otoni de Paula (PSC), que tem se mostrado um dos principais defensores do governo bolsonaro na Câmara, estará concorrendo ao senado pelo estado do Rio de Janeiro em 2022, informação que foi confirmada ao parlamentar durante uma entrevista.

De acordo com o deputado, o mesmo enxerga sua candidatura ao senado  como um meio de “sair da zona de conforto”.

“Eu sou candidato ao Senado Federal, eu estou saindo da minha zona de conforto. Eu tive 120 mil votos [em 2018, quando se elegeu deputado federal], não era candidato do presidente Jair Bolsonaro, não fui indicado por ele, não bati uma foto com ele […] acho que não decepcionei o meu eleitor”, alegou.

Além disso, Otoni também afirmou que acredita na existência de uma “missão maior” que deve ser cumprida por ele, missão essa que seria representar o Estado no Senado Federal.

O parlamentar acredita que continuar na Câmara o tornaria “apenas mais uma voz a reclamar” enquanto que o Senado lhe daria a chance de “manipular esse jogo (político) para o bem” do Rio de Janeiro. Como crítico do STF, a possível candidatura de Otoni parece uma declaração de guerra aos ministros da Corte.

“Eu acho que tenho uma missão maior, e essa missão é representar o meu estado, e o povo que confia no nosso trabalho e que quer ver esse país mudar, a partir de um enfrentamento claro, lúcido, democrático com esses poderes que querem atrapalhar o crescimento do Brasil”, destacou.

Recentemente, Otoni proferiu criticas ao Supremo Tribunal Federal, afirmando que os ministros estariam formando um movimento de natureza política que tem como objetivo a derrubada do presidente antes das eleições de 2022, uma vez que a derrota de Bolsonaro nas urnas se mostraria improvável com a ausência de nomes fortes contra ele.

Desse modo, o parlamentar defende que o STF busca o ativismo judicial como uma maneira de compensar a “impossibilidade” de vencer Bolsonaro no ano que vem.

DESTAQUE
- Publicidade -
Veja também: