13.5 C
Brasília
Quarta-feira, 29 Junho, 2022

Bolsonaro sobre o PL das fake news: ‘Não vem coisa boa de quem defende o comunismo’

O presidente Jair Bolsonaro comemorou nesta quinta-feira (07) a derrubada, na Câmara dos deputados, do requerimento de urgência para votação do PL das fake news, como ficou mais conhecido o Projeto de Lei que visa, supostamente, combater a disseminação de “notícias falsas” e “desinformação” no Brasil.

“Parabenizo os parlamentares que ontem (quarta-feira) não deram urgência ao projeto das fake news. ‘Ah seria forma de balizar os excessos das redes sociais’. Quem abre mão de um pouco da sua liberdade para ter segurança acaba não tendo liberdade nem segurança”, afirmou o presidente, segundo O Globo.

Na sequência, Bolsonaro apontou o relator do PL, deputado federal Orlando Silva, como uma fonte suspeita sobre a proposta, ideologicamente falando. Isso porque, o parlamentar é do Partido Comunista do Brasil (PCdoB).

“E olhem que era o relator. Um deputado do PCdoB”, disse Bolsonaro, revelando que na sua época como deputado federal, projetos de lei vindos da ala comunista não chegavam a ser lidos por ele.

“Qualquer proposta enquanto eu era parlamentar, de acordo com o partido do caboclo eu já votava contra. Eu nem lia o projeto. Não tem o que discutir. Não pode vir coisa boa de quem defende o comunismo”, concluiu o presidente.

DESTAQUE
- Publicidade -
Veja também: