24.5 C
Brasília
Segunda-feira, 27 Junho, 2022

‘Bolsonaro se elegeu sem a ajuda de ninguém’, diz Augusto Nunes ao rebater Olavo

O jornalista Augusto Nunes fez um comentário sobre a ascensão do presidente Jair Bolsonaro em 2018, horas após algumas declarações polêmicas do escritor Olavo de Carvalho sobre o presidente da República, quando afirmou que o mesmo só teria sido eleitor por ter usado a figura do filósofo como propaganda política.

“A minha influência sobre o Bolsonaro é zero. Ele me usou como ‘poster boy’. Me usou para se promover, para se eleger. E, depois disso, não só esqueceu tudo o que dizia, como até os meus amigos que estavam no governo ele tirou”, disparou o escritor durante uma live na segunda-feira, 20.

Para Nunes, no entanto, Bolsonaro foi eleito por méritos próprios e com o apoio da ampla maioria da população, e não pela imagem do escritor. A sua fala, contudo, não fez citação direta a Olavo de Carvalho.

“Eu acompanhei várias eleições. [O Bolsonaro] é o único presidente que pode dizer que se elegeu sem a ajuda de ninguém”, afirmou o jornalista durante o programa Os Pingos nos Is, da Jovem Pan.

“Ninguém pode dizer ‘olha, eu ajudei, eu levei votos, eu fiz isso’ é o contrário. Ele elegeu vários que fingem agora que não tiveram a ajuda do Bolsonaro, que se elegeram por conta própria… [Como é o] caso do governo de São Paulo, por exemplo, entre tantos. Isso é fácil de rebater: Alguém dizer que ajudou o Bolsonaro, está mentindo”, completou Nunes.

Augusto Nunes também argumentou que o Executivo tem respeitado a Constituição Federal e que, e que o Supremo Tribunal Federal (STF) estaria agindo de forma contrária ao governo, motivo pelo qual o presidente não deveria ser criticado. Assista:

DESTAQUE
- Publicidade -
Veja também: