Barroso destaca técnicos para acompanhar e rebater Bolsonaro durante a live de hoje

O presidente Jair Bolsonaro vem anunciando há pelo menos duas semanas que irá fazer uma apresentação ao vivo, diante da imprensa, de supostas provas de fraudes eleitorais ocorridas no Brasil em 2014 e em 2018, especificamente das eleições presidenciais dos respectivos anos. O dia, finalmente, chegou e será hoje!

Segundo Bolsonaro, essa apresentação será feita em sua live semanal, transmitida às 19h pelas redes sociais. O presidente vem alegando que será “bombástico” o que tem para mostrar. Diante disso, o ministro Luís Roberto Barroso, atual presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), já reagiu.

Segundo informações do jornalista Ricardo Noblat, em sua coluna no Metrópoles, Barroso já destacou uma equipe de técnicos para ficar de prontidão durante a live de hoje do presidente, a fim de rebater possíveis declarações sobre a fragilidade das urnas.

“No entorno de Barroso, desconfia-se de que Bolsonaro poderá apresentar na live algum hacker, ou entendido no assunto, para sustentar o que ele vem dizendo. O tribunal quer estar pronto para rebatê-lo de imediato, se for o caso, ou então amanhã, a depender da impressão que cause o seu depoimento”, diz o jornalista.

Bolsonaro, por sua vez, vem criticando veementemente Barroso por causa do que ele classifica como “ativismo” contra o voto impresso. Para o presidente da República, não há transparência na apuração de votos no modelo atual de votação, e a live de hoje terá a finalidade de demonstrar isso, segundo o chefe do Executivo.

“Tem uma que vai ser bomba”, diz Bolsonaro sobre suposta prova de fraude eleitoral

Deixe o seu comentário: