25.5 C
Brasília
Sábado, 21 Maio, 2022

Barroso critica pauta popular: “Gastei tempo discutindo a bobagem do voto impresso”

O ministro Luiz Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF) e do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), voltou a criticar uma pauta popular defendida por apoiadores do atual presidente da República, que é a do voto impresso e auditável.

Em declaração feita durante uma palestra hoje, no XXIV Congresso Brasileiro de Magistrados, em Salvador, o ministro chamou a pauta do voto impresso de “bobagem”, dizendo que desperdiçou tempo tratando do assunto.

“Gastei tempo discutindo a bobagem do voto impresso”, disse Barroso, que também criticou, dessa vez sem citar o Brasil, o “ódio” e a “desinformação” difundida nas mídias sociais.

“A internet virou um espaço onde se difunde ódio e desinformação e de propagação da intolerância”, declarou o ministro. “O mundo vive um momento lúgubre, triste e agressivo. Em tempos assim, é preciso ter cuidado para não entrar no clima, para não ser parte da negatividade geral.”

Também nesta sexta-feira, Barroso cobrou ações contra o “racismo estrutural” ao celebrar uma data comemorativa. “Na data comemorativa da abolição da escravatura é oportuno relembrar as dívidas históricas com a população negra e a importância de enfrentar o racismo estrutural que nos diminui a todos”, postou o ministro nas redes sociais.

- Publicidade -
Última notícia
- Publicidade -
Veja também:
close