11.5 C
Brasília
Quinta-feira, 30 Junho, 2022

Associação de restaurantes processa governadores por causa de prejuízos na pandemia

Por causa da pandemia do novo coronavírus, inúmeros estabelecimentos comerciais, especialmente os de serviço como bares e restaurantes, fecharam as suas portas. Diante disso, a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel) ingressou na Justiça com ações civis públicas em 26 Estados, no Distrito Federal e em 275 municípios.

A entidade alega que os prejuízos acarretados aos associados se deu principalmente por causa de medidas restritivas adotadas por governadores e prefeitos em várias regiões do país, o que justificaria a cobrança na Justiça por reparação financeira.

“O Estado impôs uma regra, o fechamento, e essa imposição trouxe perdas. Então, ele é responsável”, declarou Paulo Solmucci, presidente da Abrasel, em entrevista ao jornal Folha de S. Paulo na última quinta-feira (10).

Segundo a Abrasel, dos 200 mil restaurantes de self-service que existiam no país antes da pandemia, apenas 120 mil resistiram à crise econômica, afetando não apenas os proprietários dos estabelecimentos, mas toda uma cadeia empregatícia de profissionais do setor, segundo a Oeste.

Associação Brasileira de indústrias Químicas culpa o STF por colapso de oxigênio

DESTAQUE
- Publicidade -
Veja também: