10.5 C
Brasília
Quarta-feira, 29 Junho, 2022

Após ser rejeitado para a Presidência, Moro agora diz que ‘joga em qualquer posição’

O ex-ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, afirmou durante uma entrevista para a CNN Brasil que agora está disposto a ‘jogar em qualquer posição’. A decisão surge após o seu partido, União Brasil, rejeitar a sua candidatura à Presidência da República. Em vez disso, a sigla anunciou o cacique Luciano Bivar para a disputa.

“Hoje, o que nos temos ainda está em discussão. O União Brasil escolheu Luciano Bivar [para o Planalto]. Eu sou um soldado da democracia, jogo em qualquer posição. O importante é a gente voltar a crescer”, disse o ex-ministro.

Sobre o atual cenário político com o ex-presidente Lula sendo pré-candidato ao Planalto, Moro criticou o petista, apontando que o viés da esquerda seria a “censura” dos meios de comunicação.

O ex-ministro se baseou em declarações já feitas por Lula quanto ao controle das mídias sociais, afirmando que, particularmente, é “absolutamente contra o controle social da mídia”, por ser “uma forma disfarçada de voltar a censura.”

“Vai ter um conselho de jornalistas indicado por partidos, por sindicatos para controlar o que a imprensa vai falar, vai transmitir?”, questionou o ex-juiz da operação Lava Jato, que deverá se lançar candidato a algum cargo político por São Paulo.

DESTAQUE
- Publicidade -
Veja também: