15.5 C
Brasília
Terça-feira, 28 Junho, 2022

Após críticas de Bolsonaro a Maia, Alcolumbre dá ao PT relatoria de projeto do governo

Após as críticas do presidente Jair Bolsonaro ao deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ) na última quinta-feira (16), o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), entregou ao líder do PT na Casa, Rogério Carvalho (SE), a relatoria da medida provisória 905, do contrato de trabalho verde e amarelo. 

O projeto é de grande importância para o governo Bolsonaro, pois trata de encargos trabalhistas e previdenciários patronais, visando a abertura de novas vagas para o primeiro emprego de jovens de 18 a 29 anos, segundo o Senado.

Apoiadores do governo enxergam na decisão de Alcolumbre uma possível retaliação pelas críticas de Bolsonaro ao presidente da Câmara, uma vez que nas mãos do PT a proposta poderá sofrer resistência ainda maior.

Segundo informações da Gaucha ZH, a retirada de Mandetta do Ministério da Saúde também teria desagradado o meio político e principalmente o DEM, partido do agora ex-ministro e também de Rodrigo Maia.

Nesta sexta, Alcolumbre anunciou o adiamento da votação da medida provisória 905. “Minha decisão diante desse impasse tem de ser regimental e procedimental. Vou retirar da sessão de hoje e não vou dar garantia de que ela estará pautada na segunda [que vem]”, disse ele.

DESTAQUE
- Publicidade -
Veja também: