Pesquisa: Bolsonaro venceria todos os candidatos se a eleição de 2022 fosse hoje

Pesquisa: Bolsonaro venceria todos os candidatos se a eleição de 2022 fosse hoje
Reprodução: Google

Uma pesquisa do Instituto Paraná, feita entre os dias 18 e 21 de julho, revelou que o presidente Jair Bolsonaro venceria todos os candidatos à eleição presidencial, caso a disputa fosse hoje.

“Mesmo em meio a dificuldades sérias, que poderiam estraçalhar a popularidade de inúmeros políticos, Bolsonaro segue firme, mostrando mais uma vez que é um fenômeno político. Se a disputa presidencial fosse hoje, ele seria reeleito”, diz a Veja.

Os dados foram publicados com exclusividade pela Veja na manhã desta sexta-feira (24), revelando que a popularidade do presidente se mantém em alta, apesar dos episódios de ataque contra o seu governo promovidos, por exemplo, pelo ex-ministro da Justiça, Sérgio Moro.

“Bolsonaro lidera todos os cenários de primeiro turno — com porcentuais que vão de 27,5% a 30,7% — e derrotaria os seis potenciais adversários em um segundo round da corrida ao Planalto em 2022”, diz a reportagem.

O levantamento fez a simulação incluindo adversários históricos, como o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), Fernando Haddad (PT) e o ex-­governador Ciro Gomes (PDT), assim como os atuais, que seriam o ex-­ministro Sergio Moro, o governador João Doria (PSDB) e o apresentador Luciano Huck.

A Veja chamou de “feito impressionante” os dados revelados pela pesquisa, pois a mesma também apontou que 48,1% dos brasileiros desaprovam a gestão do presidente e 38% consideram ruim ou péssimo.

Todavia, a explicação pode estar no fato de que a desaprovação não implica em expectativa de melhoria em um possível governo com os atuais adversários políticos do presidente. Ou seja, que apesar dos problemas, o presidente Bolsonaro ainda representa a melhor opção entre todas às demais.