15.5 C
Brasília
Sábado, 25 Junho, 2022

Malafaia dispara contra Moraes: “Ditador, tirano… síndrome de Lúcifer”

O pastor Silas Malafaia, líder da Igreja Vitória em Cristo, não está nenhum pouco satisfeito com a atuação do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, após uma série de decisões polêmicas no âmbito do inquérito das “fake news” e outro que investiga o suposto financiamento de manifestações pró-governo em Brasília.

Através das suas redes sociais, Malafaia tem feito críticas duras contra o ministro, chamando-o de “ditador” e “tirano”, entre outros, além de cobrar uma posição dos presidentes da Câmara dos Deputados e do Senado Federal, Rodrigo Maia e Davi Alcolumbre, respectivamente.

“O DITADOR, TIRANO, ALEXANDRE DE MORAES, RASGANDO A CONSTITUIÇÃO!”, escreveu Malafaia em caixa alta, sinalizando a sua indignação contra o que considera decisões inconstitucionais da parte de Moraes.

“Perseguição política, liberdade de expressão sendo solapada! O tirano de toga pensa que é 4ª pessoa da trindade. Está com a síndrome de Lúcifer. VAI CAIR E SER DESMORALIZADO NO TEMPO DE DEUS .AGUARDEM!”, completou o pastor.

Em outra ocasião, Malafaia disse que “ESTÁ INSTALADO O ESTADO POLICIAL. ACABOU A LIBERDADE DE EXPRESSÃO! Com a operação de hoje, exclusivamente contra apoiadores de Bolsonaro, o ditador, tirano, ministro do PSDB, Alexandre de Moraes, confirma a perseguição política para derrubar Bolsonaro .TINHA QUE SER PRESO!”

Na operação de hoje feita pela Polícia Federal após autorização de Moraes, a pedido da Procuradoria Geral da República, novamente o alvo foram pessoas ligadas à base de apoio do presidente Jair Bolsonaro.

Por ordem de Moraes, também foram quebrados os sigilos bancários da deputada Carla Zambelli, Bia Kicis (PSL-DF), Cabo Junio ​​Amaral (PSL-MG) e Otoni de Paula (PSC-RJ). Mais cedo a deputada gravou um vídeo emocionada criticando a decisão do ministro. Confira abaixo, na sequência algumas postagens de Malafaia.

DESTAQUE
- Publicidade -
Veja também: