Ministro da Educação defende o retorno das aulas presenciais: “Apoiamos radicalmente”

O ministro da Educação, Milton Ribeiro, falou hoje na abertura do 13º Congresso Brasileiro da Educação Superior Particular, transmitido de forma on-line, onde defendeu o retorno imediato das aulas presenciais no Brasil.

Segundo o ministro, já está sendo preparado um decreto para ser apresentado ao presidente Jair Bolsonaro, a fim de que seja assinado e apresentado à Câmara dos Deputados. Ribeiro argumentou que o ministério tem se preocupado com a evasão escolar e que o ensino presidencial é “insubstituível”.

“Todos nós sabemos, e eu creio que os educadores todos entendem, que a aula presencial é insubstituível”, afirmou o ministro, explicando que a ideia é promover o retorno, mas de forma segura e responsável.

“O comprometimento na aprendizagem e a potencial evasão escolar tem nos preocupado de uma maneira mais presente. Então, nós apoiamos radicalmente o retorno com segurança”, destacou.

“O presidente e sua assessoria trabalham em um decreto, que já está aqui conosco, que trata exatamente do mesmo tema no âmbito aqui do MEC. Estamos só refinando as questões jurídicas para que possam ser apresentados ao presidente da República”, concluiu, segundo o Metrópoles.

Deixe o seu comentário: