28.5 C
Brasília
Sexta-feira, 12 Agosto, 2022

Ex-presidente da Caixa diz que reunirá provas para “expor farsa” sobre acusações

O ex-presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, publicou um artigo no jornal Folha de S. Paulo, a fim de se defender das acusações de assédio sexual. As denúncias foram publicadas pelo portal Metrópoles, que colheu relatos de algumas mulheres funcionárias do banco. O caso segue em investigação no Ministério Público. Leia o artigo completo, abaixo:

“Poucas coisas podem ser piores do que a situação em que uma vida inteira de correção e honestidade se vê tomada pela sombra de acusações baseadas apenas na palavra de alguns. No direito criminal, até mesmo a versão de um delator não vale nada se não vier acompanhada de provas materiais que a convalidem.

Pois eu estarei agora na linha de frente para travar o bom combate, a luta pela verdade. Informo que irei solicitar aos hotéis em que estive como presidente da Caixa Econômica Federal qualquer imagem minha nas suas dependências, durante o tempo de minhas hospedagens.

Será que um assediador serial pediria ou permitiria a divulgação de conteúdos como esse? Claro que não. Pelo simples motivo de que o que se falou contra mim não é o que as provas demonstrarão. Eu solicitarei à presidência da Caixa que me forneça todas as imagens, de todas as câmeras, da presidência, dos corredores, elevadores, garagens.

Esse acervo todo eu quero ver exposto! E quero ver se há em todas essas horas um segundo sequer de comportamento impróprio, um ato atentatório contra uma única mulher. Se não houver, o que dizer? Que eu era um abusador-serial-randômico? Ou será que o mais plausível não é a verdade:? Que as falas contra mim são mentiras e os fatos irão demonstrá-las.

Não sou perfeito. Sou humano. Dirigi a Caixa com uma diretriz clara. Quando cheguei, a empresa estava nas manchetes policiais. Era necessário um choque de postura. Sou eu o maior interessado em que tudo venha à tona.

Conclamo os agentes e as agentes da difamação: mostrem tudo! Porque, de minha parte, minha luta agora é colecionar todas as provas possíveis para expor esta farsa. Que nada fique na sombra. Que tudo venha a lume. E então veremos onde a verdade está.”

DESTAQUE
Veja também:
close