13.5 C
Brasília
Quarta-feira, 29 Junho, 2022

Com porte legal de arma, vítima reage a assalto e mata criminoso em Planaltina

Durante uma tentativa de roubo que ocorreu na última quinta-feira (25), câmeras de segurança registraram o momento em que Iago Santos Silva, de 19 anos, foi baleado e morto após tentar roubar uma caminhonete próxima ao posto de combustível Luzas.

O crime aconteceu na manhã da quinta, na Quadra 58, pertencente ao Setor Tradicional de Planaltina. Na filmagem é possível ver que Iago se aproxima da caminhonete e começa a observar o carro.

Quando percebe a ausência de alguém no banco do motorista, o jovem abre a porta do carro e entra no automóvel, é nesse momento que o dono do veículo, que se encontrava calibrando os pneus, percebe a ação do delinquente e dispara contra o mesmo usando uma arma que portava na cintura.

De acordo com o Correio Braziliense, a Policia Militar chegou no local minutos após o ocorrido, e encontraram um revólver calibre 37 com o criminoso. Em um depoimento em áudio, o motorista alegou que no momento da tentativa de roubo ele estava acompanhado de sua mulher e filha.

“Quando cheguei à porta, ele atirou. Quando atirou em mim, meti bala nele também, que eu estava com a pistola na cinta. (…) Dei um tiro em cima do ombro (…). O cara já entrou em óbito. Estou no posto Luzas, esperando o advogado para ir para a 16ª (Delegacia de Polícia)”, declarou a vítima do assalto.

Primeiros socorros foram prestados ao jovem pelo Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF). O criminoso foi levado ao Hospital Regional de Planaltina (HRPI), porém ele acabou morrendo devido aos ferimentos.

O condutor estava cadastrado com o registro de CAC (colecionador, atirador ou caçador), Ou seja, sua arma estava regularizada, de acordo com a Policia Militar. Ele foi liberado mais tarde, após se apresentar de maneira espontânea para depor sobre o caso.

DESTAQUE
- Publicidade -
Veja também: