11.5 C
Brasília
Sábado, 25 Junho, 2022

Secretário do PT é preso pela Lei de Segurança Nacional por faixa “Bolsonaro genocida”

O Secretário do Partido dos Trabalhadores (PT) em Goiás foi preso nesta segunda-feira (31) ao utilizar faixa com a frase escrita “Fora Bolsonaro genocida” em seu carro. Ele foi enquadrado na Lei de Segurança Nacional, segundo informações divulgadas pela própria legenda.

Membros do partido afirmam que Arquidones foi levado para a sede da Polícia Federal em Goiânia. Ele foi preso em Trindade, na região metropolitana de Goiânia. A Presidente do diretório estadual do PT em Goiás, Katia Maria, confirmou a informação ao Popular.

A conta oficial do PT nas redes sociais repercutiu a prisão do secretário, reiterando a grave acusação ao presidente da República, chamando-o de “genocida”. “PT em Goiás foi preso e enquadrado na Lei de Segurança Nacional por ter no carro uma faixa com a frase ‘Fora Bolsonaro Genocida’. Chega de censura! Bolsonaro genocida, sim!”, diz a nota.

Ainda segundo o PT, Katia Maria se encontra neste momento na sede da Polícia Federal acompanhando as diligências sobre a prisão de Aarquidones. No vídeo abaixo é possível ver o momento da prisão do secretário. Assista:

DESTAQUE
- Publicidade -
Veja também: