Fundadora do PSOL admite que Lula cometeu “crimes” e lhe acusa de ser “um farsante”

Uma das fundadoras do Partido Socialismo e Liberdade (PSOL), a ex-senadora Heloísa Helena voltou a ter o seu nome repercutido nas mídias sociais este final de semana, após internautas viralizarem o vídeo da sua participação no podcast Política ao Quadrado, onde admitiu que o ex-presidente Lula cometeu “crimes contra a administração pública”.

“Infelizmente [Lula] é um farsante, É um traidor da esquerda socialista pelos crimes contra a administração pública que ele cometeu. Além de patrocinar uma traição de classe, porque nunca um capital financeiro ganhou tanto dinheiro e nunca a luta social foi tão amortizada, justamente pelo papel que ele cumpriu”, disparou Heloisa.

Heloísa Helena não está mais no PSOL já faz alguns anos. Ela deixou a sigla que presidiu e migrou para a Rede Sustentabilidade (Rede) em 2015, fundada por Marina Silva, com quem nutre bastante afinidade. “Entendi que tinha havido rompimento do pacto fundacional”, disse ela na época.

No podcast que viralizou devido às críticas a Lula, realizado em julho desse ano, a ex-senadora também culpou o líder petista pela associação da esquerda brasileira aos crimes de corrupção já ocorridos no país.

“Muita gente tem a ousadia de dizer que gente de esquerda é bandido e ladrão […] Tomara que a gente não viva um dilema desses no segundo turno no ano que vem”, comentou Heloísa. Assista o trecho do vídeo onde a ex-senadora faz suas críticas, abaixo: