“Esta eleição está longe de terminar”, diz Donald Trump ao rebater a mídia

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, ainda não está disposto a reconhecer o resultado dos votos para o seu adversário na campanha presidencial, Joe Biden. Em uma declaração feita no último final de semana, o chefe da Casa Branca explicou que a sua equipe ainda não se deu por vencida.

“O simples fato é que esta eleição está longe de terminar. Joe Biden não foi certificado como o vencedor de nenhum estado, muito menos de nenhum dos estados altamente contestados destinados a recontagens obrigatórias, ou estados onde nossa campanha tem desafios legais válidos e legítimos que podem determinar o vencedor final”, disse Trump.

Trump acredita que houve fraude na contagem dos votos nos estados considerados cruciais, como Georgia, Filadelfia e Michigan. A equipe do republicano questiona a legalidade dos votos por correspondência que foram contabilizados após o dia da eleição, 03 de novembro, assim como uma série de denúncias sobre votos supostamente adulterados.

Segundo informações da Reuters, no entanto, Trump deverá aguardar o desfecho das análises judiciais para que possa se posicionar definitivamente, reconhecendo ou não o resultado eleitoral.

“Ele deve permitir que as recontagens avancem, apresentar quaisquer reclamações que existam e, então, se nada mudar, ele deve reconhecer [a derrota]”, afirmou um conselheiro do presidente.

Bolsonaro: ‘Trump não é a pessoa mais importante do mundo, mais importante é Deus’