21.5 C
Brasília
Sábado, 2 Julho, 2022

Ego ferido? Renúncia de Moro foi por causa de “derrotas” no ministério, diz Zambelli

A deputada federal Carla Zambelli (PSL-SP) se viu no centro da maior crise política do governo Bolsonaro até aqui, e com a propriedade de quem tinha amizade com o ex-ministro da Justiça e Segurança Pública, declarou que a saída de Sérgio Moro não foi pelos motivos anunciados.

Em depoimento prestado na última quarta-feira, 13 de maio na sede da Polícia Federal, em Brasília, Zambelli afirmou que o ex-juiz estaria decepcionado “com diversas derrotas” na função – como por exemplo as mudanças feitas pelo Congresso no pacote anticrime) e não com a troca no comando da PF.

A oitiva foi acompanhada por representantes da Procuradoria Geral da República (PGR), da Advocacia Geral da União (AGU) e de um dos advogados que representa Sérgio Moro no processo, que tramita no Supremo Tribunal Federal (STF).

DESTAQUE
- Publicidade -
Veja também: